História

História

A História do AeCP confunde-se com a própria história da Aeronáutica em Portugal

11 de Dezembro de 1909

Foi em 11 de Dezembro de 1909 que foi fundada esta instituição, com sede provisória na Associação dos Engenheiros Civis Portugueses, no Terreiro do Paço. Tinha 30 aderentes, na sua maioria oficiais de engenharia, tendo sido nomeado como seu primeiro presidente o Coronel Fernando Eduardo Serpa Pimentel.

O seu primeiro sócio, o então Capitão Pedro Fava Ribeiro de Almeida, ficaria mais tarde conhecido como o “Major da Feira de Alverca”, por ter sido o primeiro Director do Parque de Material Aeronáutico. A principal função do AeCP era, entre outras, a de fazer a propaganda aeronáutica, encetar relações com entidades congéneres no estrangeiro, organizar conferências, concursos de papagaios, publicar artigos e organizar uma biblioteca aeronáutica. Resumindo, fomentar e desenvolver a aviação no nosso país.

Entre 1911 e 1913

Foi este Aero Club que verdadeiramente lançou entre os seus sócios, adeptos e portugueses em geral o gosto pela Causa do Ar, tendo realizado inúmeras palestras, publicado inúmeros artigos sobre aeronáutica na imprensa e lançado, logo no ano de 1911, a sua primeira publicação aeronáutica, o “Boletim do Aero Club de Portugal”, que deu origem à “Revista Aeronautica” no ano seguinte. Em 1913 passou a representar no nosso país a  FAI – Federação Aeronáutica Internacional, sendo o 18.º país inscrito nesta organização.

Em 1913 foi elaborado um projecto-lei para que o AeCP passasse a ser considerado uma instituição de utilidade pública.

Entre 1925 e 1934

Entre 1925 e 1929, ainda na Escola Militar, são formados os primeiros quatro pilotos civis Portugueses, Carlos Eduardo Bleck, Manuel Vasques, Sousa Santos e Maria de Lourdes Sá Teixeira, esta última a primeira mulher piloto portuguesa.

Em 1929 são criadas as suas delegações no Porto, Angola e Moçambique, que mais tarde darão origem aos respectivos aeroclubes.

A 5 de Junho de 1930 é autorizada a criação da Escola de Aviação Civil do AeCP, funcionando na Granja do Marquês em Sintra, sendo adquirido para o efeito o seu primeiro avião, um pequeno “Gipsy Moth”. Foi seu primeiro Director o Capitão Sérgio da Silva. Mas, já anteriormente, o AeCP havia entregue diplomas aos 13 primeiros pilotos militares formados na então Escola de Aeronáutica Militar de Vila Nova da Rainha (que muito impulsionou junto do Governo), por ser o representante nacional da FAI, o que veio a ocorrer em 10 de Maio de 1917, numa cerimónia realizada na Sociedade de Geografia.

A 1 de Fevereiro de 1934 é apresentada uma proposta para a criação de uma secção de voo à vela, sendo nela incluída o estudo do relatório e gráfico do voo do hidroplanador “Portugal” do Eng.º. Varela Cid, primeiro hidroplanador construído no nosso país que efectuou o seu primeiro voo a 4 de Janeiro pela mão de Paulo Viana.

Entre 1935 a 2009

A 2 de Junho de 1935 organiza a 1ª Exposição Internacional de Aeronáutica, no Palácio das Exposições em Lisboa, sob a batuta do Coronel Pinheiro Corrêa, evento que foi sobejamente difundido pela imprensa em várias capitais europeias.

Em 1937 é criada a “Revista do Ar”, órgão oficial do AeCP, graças ao esforço do seu fundador, Francisco Barão da Cunha, desaparecido prematuramente aos 27 anos de idade.

Em Junho de 1956, com o patrocínio do Jornal “O Século”, o AeCP leva a efeito a “1ª Volta Aérea a Portugal” e, em Dezembro de 1959, aquando das comemorações do seu 50.º aniversário, o Presidente da República deslocou-se à sua sede na Av. da Liberdade, onde impôs no seu estandarte a Comenda da Ordem Militar de Cristo, pelos relevantes serviços prestados à causa aeronáutica em Portugal.

A 11 de Dezembro de 2009 o Aero Club de Portugal comemorou o seu centenário e, consequentemente, o centenário da aviação em Portugal.


Os Presidentes do Aero Club de Portugal

 

Sócios Honorários e Beneméritos do Aero Club de Portugal

Uma das formas de reconhecimento público do mérito de indivíduos ou entidades colectivas previstas nos Estatutos do Aero Club de Portugal, desde a sua fundação em 1909, é a de nomeação dessas individualidades ou entidades colectivas, por parte da Assembleia Geral do AeCP, nas qualidades de honorários e de beneméritos, sob proposta da Direcção ou de determinado número de sócios.

Desde os seus primórdios que a Assembleia Geral do Aero Club de Portugal tem vindo a distinguir inúmeras individualidades ou entidades colectivas, nacionais e estrangeiras, através da sua nomeação como sócios honorários ou beneméritos, em reconhecimento dos seus méritos e feitos aeronáuticos ao nível nacional ou internacional ou em prol das actividades desenvolvidas pelo Aero Club de Portugal ou da Causa do Ar.

Aturado trabalho de pesquisa tem vindo a permitir resgatar da bruma dos tempos todos aqueles e aquelas a quem já foi reconhecida a excelência pela honra alcançada em feitos individuais ou colectivos dignos de nota e de repercussão nas gerações mais novas ou através de actos de benemerência que não devem ser esquecidos.

Nome – Categoria (e Data de Aprovação)

Luciano Augusto Simões de Carvalho – Sócio Benemérito (30.05.1910)

Visconde de Faria – Sócio Honorário (20.08.1910)

Dr. Magalhães Lima – Sócio Honorário (20.08.1910)

Xavier de Carvalho – Sócio Honorário (20.08.1910)

Luciano Augusto Simões de Carvalho – Presidente de Honra (18.05.1911)

José de Mattos Braamcamp – Sócio Honorário (23-05-1911)

 

Comendador João Manuel Alfaia Rodrigues – Sócio Honorário (30.12.1912)

Carlos Viegas Gago Coutinho – Sócio Honorário (17.05.1922)

Artur de Sacadura Freire Cabral – Sócio Honorário (17.05.1922)

Alberto Santos Dummont – Sócio Honorário (24.07.1922)

Victor Hugo de Azevedo Coutinho – Sócio Honorário (29.03.1923)

Manuel Ortins Bettencourt – Sócio Honorário (29.03.1923)

Afonso Júlio de Cerqueira – Sócio Honorário (29.03.1923)

Rafael Pelais (antigo Secretário do Aero Club de Espanha) – Sócio Honorário (29.03.1923)

Balduino Vila (Presidente do Aero Club de Valencia) – Sócio Honorário (29.03.1923)

Euclides Pinto Martins – Sócio Honorário (19.12.1923)

António Brito Paes – Sócio Honorário (13.12.1924)

José Manuel Sarmento de Beires – Sócio Honorário (13.12.1924)

Manuel Gouveia – Sócio Honorário (13.12.1924)

Salvador Alberto do Curtils Cifka Duarte – Sócio Honorário (13.12.1924)

Delfim Sousa – Sócio Honorário (13.12.1924)

Orfeon Português do Rio de Janeiro – Sócio Honorário (30.03.1926)

Ramón Franco – Sócio Honorário (30.03.1926)

Julio Ruiz de Alda – Sócio Honorário (30.03.1926)

Juan Manuel Durán – Sócio Honorário (30.03.1926)

Pablo Rada – Sócio Honorário (30.03.1926)

Conde del Vado (Presidente Real Aero Club de Espanha) – Sócio Honorário (30.03.1926)

Joaquin de la Llave (Vice-Presidente do Real Aero Club de Espanha) – Sócio Honorário (30.03.1926)

Gonzalo Martinez de la Abellanosa (Tesoureiro do Real Aero Club de Espanha) – Sócio Honorário (30.03.1926)

Dr. Miguel Gonçalves – Sócio Honorário (13.02.1930)

Augusto Soares – Sócio Honorário (13.02.1930)

Luís da Cunha e Almeida – Sócio Honorário (13.02.1930)

Carlos Eduardo Bleck – Sócio Honorário (13.02.1930)

José Pedro Pinheiro Corrêa – Sócio Honorário (13.02.1930)

Sérgio da Silva – Sócio Honorário (13.02.1930)

Jorge de Castilho – Sócio Honorário (13.02.1930)

Alfredo Duvalle Portugal – Sócio Honorário (13.02.1930)

António d’Oliveira Viegas – Sócio Honorário (13.02.1930)

Celestino Paes Ramos – Sócio Honorário (13.02.1930)

João Maria Alves Esteves – Sócio Honorário (13.02.1930)

Conde de La Vaulx (Aero Club de França) – Sócio Honorário (13.02.1930)

Ruth Elder – Sócio Honorário (13.02.1930)

George Haldeman – Sócio Honorário (13.02.1930)

Francesco de Pinedo – Sócio Honorário (13.02.1930)

Louis de Goÿs de Mézeyrac – Sócio Honorário (13.02.1930)

Pierre Weiss – Sócio Honorário (13.02.1930)

Réné de Vitrolle – Sócio Honorário (13.02.1930)

Paul Gama – Sócio Honorário (13.02.1930)

Du Verger – Sócio Honorário (13.02.1930)

J. Gray (Diretor da revista inglesa The Aeroplane) – Sócio Honorário (13.02.1930)

Augusto de Magalhães (delegado da CMLisboa junto da Comissão Organizadora do Festival Aéreo Plácido de Abreu) – Sócio Benemérito (11.12.1934 Dir. AeCP)

Jorge de Castilho – Sócio Benemérito (19.11.1936)

João Luís de Moura – Sócio Benemérito (19.11.1936)

Alfredo Delesque dos Santos Sintra – Sócio Benemérito (19.11.1936)

José Pedro Pinheiro Corrêa – Sócio Benemérito (19.11.1936)

Filipe Gomes Vieira – Sócio Benemérito (19.11.1936)

Carlos Eduardo Bleck – Sócio Benemérito (19.11.1936)

José de Saldanha – Sócio Benemérito (19.11.1936)

Luís António de Almeida Goes – Sócio Benemérito (19.11.1936)

Manuel Bramão – Sócio Honorário (10.01.1938)

General Carlos António da Costa Macedo – Presidente Honorário (17.03.1956)

Carlos António da Costa Macedo – Sócio Honorário (17.03.1956)

Pedro Fava Ribeiro de Almeida – Sócio Honorário (17.03.1956)

Gustavo Tedeschi Corrêa Neves – Sócio Honorário (17.03.1956)

Manuel Gonçalves da Silveira e Castro – Sócio Honorário (17.03.1956)

Júlio Carvalho Teixeira – Sócio Honorário (17.03.1956)

José Inácio de Castelo Branco – Sócio Honorário (17.03.1956)

Fernando Andrade Pires de Lima – Sócio Honorário (17.03.1956)

Ivo Benjamim de Cerqueira – Sócio Honorário (17.03.1956)

Ten-Coronel Kaúlza Oliveira de Arriaga – Sócio Honorário (24.01.1958)

Eng. Carlos Gomes da Silva Ribeiro (Ministro das Comunicações) – Sócio Honorário (30.03.1960)

Brigadeiro Fernando dos Santos Costa – Sócio Honorário (30.03.1960)

Brigadeiro António França Borges (Presidente da Câmara Municipal de Lisboa) – Sócio Honorário (30.03.1960)

Coronel Aviador Engenheiro Aeronáutico João de Almeida Viana – Sócio Honorário (30.03.1960)

Coronel Aviador Tito Lívio Pavia (Comandante da BA n.º 1) – Sócio Honorário (30.03.1960)

Fernando Alves do Vale (Director e proprietário dos Jornais “Avião” e “Voo mecânico”) – Sócio Honorário (30.03.1960)

António Medeiros de Almeida – Sócio Honorário e Benemérito (30.03.1960)

Joaquim Carvalho e Silva – Sócio Honorário e Benemérito (30.03.1960)

Jornal “O Século” – Sócio Honorário e Benemérito (30.03.1960)

Dr. César Henrique Moreira Baptista (Secretário Nacional da Informação) – Sócio Benemérito (30.03.1960)

Dr. Leonel Banha da Silva (Director da Agência do Ultramar) – Sócio Benemérito (30.03.1960)

Dr. Bernardo Mendes de Almeida (Caria) – Sócio Honorário e Benemérito (29.03.1963)

Ten-Coronel Joaquim Gomes Cerqueira – Sócio Honorário (15.12.1964)

Jorge de Melo e Faro (Conde de Monte Real) – Sócio Honorário (15.12.1964)

Eng. Azevedo Coutinho (Presidente da Câmara Municipal de Cascais) – Sócio Honorário (15.12.1964)

Jorge de Melo e Faro (Conde de Monte Real) – Presidente Honorário (12.08.1971)

Ivo Ferreira – Sócio Honorário (28.03.1972)

Fernando Alberto de Oliveira – Sócio Honorário (15.10.1976)

Associação Pilotos de Linha Aérea (APLA) – Sócio Honorário (29.03.1984)

José António Martins Rosa Rodrigues – Sócio Honorário (31.03.1988)

Tomás George da Conceição Silva – Sócio Honorário (14.01.1992)

António Faria e Mello – Sócio Honorário (20.03.1996)

Anésia Pinheiro Machado – Sócio Honorário (26.03.1997)

Isabel Manuela Bandeira de Melo (Rilvas) – Sócio Honorário (26.03.1997)

Força Aérea Portuguesa – Sócio Honorário (26.03.1997)

João Barroso Soares (Presidente da Câmara Municipal de Lisboa) – Sócio Honorário (13.03.1999)

Serafim Esteves Pereira – Sócio Honorário (28.03.2001)

Delfim Manuel Azevedo Costa – Sócio Honorário (28.11.2003)

Francisco Matias Barão da Cunha – Sócio Benemérito (06.06.2014)

Manuel Júlio Matias Barão da Cunha – Sócio Benemérito (06.06.2014)

Francisco Barão da Cunha – Sócio Honorário, a título póstumo (06.06.2014)

Roque Brás de Oliveira – Sócio Honorário (06.06.2014)

Jorge Telhada Simões – Sócio Honorário (06.06.2014)

Jacinto Manuel da Costa Freixo Centeio Neto – Sócio Benemérito (09.12.2014)

Gustavo António da Silva Gago de Medeiros – Sócio Benemérito (09.12.2014)

Richard Goldschmidt – Sócio Honorário e Benemérito (09.12.2014)

Abílio José do Nascimento Matos – Sócio Benemérito (09.12.2014)

João Nicolau de Mello Breyner Lopes – Sócio Honorário (09.12.2014)

Luís Manuel Calisto Laureano Santos – Sócio Honorário (09.12.2014)

Transportes Aéreos Portugueses, SA (TAP PORTUGAL) – Sócio Honorário (13.11.2015)

Jorge Osório Mourão – Sócio Honorário (13.11.2015)

José Manuel Monteiro Salgueiro Rego – Sócio Benemérito (13.11.2015)

Carlos Alberto de Figueiredo Salgueiro Rego – Sócio Honorário, a título póstumo (13.11.2015)

Vasco Callixto – Sócio Honorário (28.07.2016)

Lourenço Henrique Henriques-Mateus – Sócio Honorário (28.07.2016)

Anneliese Mosch Fernandes Pinto – Sócio Honorário (28.07.2016)

Paulo Jorge Pereira Gonçalves Cunha – Sócio Honorário (28.07.2016)

João Luís Antão Inácio – Sócio Honorário (28.07.2016)

Miguel Eugénio Galvão de Melo e Mota – Sócio Honorário, a título póstumo (17.03.2017)

Manuel Galvão de Melo e Mota – Sócio Benemérito (17.03.2017)

Madalena Galvão de Melo e Mota – Sócia Benemérita (17.03.2017)